sexta-feira, 6 de fevereiro de 2009

"Mas digo sinceramente
Na vida a coisa mais feia...

É gente que vive chorando
De barriga cheia
(Mas é gente!)
É gente que vive chorando
De barriga cheia
É gente que vive chorando
De barriga cheia..."

Olha, gente, se vocês perguntarem por aí quem está satisfeita com a vida que tem, creio que 99% das pessoas dirão que não estão satisfeitos. Tem aquele que tá bem na vida profissional, mas tá mal na vida amorosa. Aquele que tá bem na vida amorosa, mas tem problemas com a família e por aí vai. Nada mais natural que isso. O ser humano é assim, um conquistador nato. Está sempre em busca de novas aventuras, de novos desafios. Vamos combinar que o sabor da vitória, da conquista da realização é algo maravilhoso, inebriante.

O que a gente precisa entender, é que ninguém, nunca, jamais terá 100% de satisfação plena. É algo do tipo aquele jogo " resta 1". Oras, se você não será 100% nunca, por que não aproveitar os 90, 80 ou até 70% que você tem?

Por que perder horas lamentando ter um emprego que te paga R$4.800 e não 4.900 como você deseja? Gente, o valor das coisas está no diferencial que você enxerga. Talvez, se você recebesse um aumento para 4.900, nem soubesse o que fazer com esse cem reais a mais. Ou se soubesse, gastaria tudo de uma forma menos proveitosa. Por que não fazer uma ginástica com esse 4.800 e gastá-lo da melhor maneira? Vai ganhar rugas, dor de cabeça, mau humor lamentando cem reais? Será que vale mesmo a pena?

Eu já quis muita coisa ao mesmo tempo. Advinha o que ganhei? Nadica de nada! Ou melhor, ganhei, sim. Mas foi preocupação, ansiedade e frustração por não alcançar meus objetivos.

Quando eu entendi que não adianta colocar o carro na frente dos bois, eu fui conquistando passo a passo cada coisa que vim buscar nesse mundo.

Eu vinha observando que uma colega aqui do trabalho estava muito irritada, ansiosa, chorosa e perguntei se poderia ajudar de alguma forma. Gente, acredite se quiser, mas o motivo de tanta irritação, é que ela tem um carro 2007/2008 e quer trocar por um 2008/2009 e ainda não conseguiu. Normal. Todo mundo quer sua melhora. Quer sempre o que tá no topo da lista. Mas porque o carro ainda não chegou ela precisa agir como se fosse o fim do mundo?

Lá no trabalho tem um monte de gente que pega dois ônibus para poder chegar. Imagine esse calvário no inverno! Tem gente que tem carro 98, caindo os pedaços e com o sorriso estampado.
Tem um agente que vai de mobilete. Mas ela se coloca como uma infeliz porque entrou 2009 com o carro de 2008. Me perguntei: como deve ser vazia a vida dela, né? Direcionar toda a sua realização para um carro? Não..é demais pra mim.

A minha realização era terminar a faculdade. Terminei. Depois foi arrumar um bom emprego. Arrumei. Tá bom, não é um BOM, mas é bom. Depois comprar minha casa. Comprei. Agora eu pretendo ter um filho no próximo ano. E quando ele chegar, uma das coisas que quero ensinar é que não se deve chorar de barriga de cheia.

Muitos querem uma bicicleta, e ela chora porque entrou 2009 com carro de 2008. Faz-me rir!

6 comentários:

  1. Ai nem me fala Fenix, todo dia eu tenho que pedir perdão a Deus, pois o tanto que eu reclamo não da pra escrever afff. Tenho uma vida maravilhosa, uns probleminhas ali, outro acola, mas nada que me deixe maluca. Mas vivo reclamando aff!! Tudo bem, sofro de TOC, problemas emocionais, mas pow, reclamo das minimas coisas. Meu sonho era sair da minha cidade, casar, morar em outro lugar bem distante, eis que tudo acontecer. Eu reclamo do mesmo jeito kkkkkkkk, da pra entender.
    Mas sempre peço perdão a Deus, pois não tenho motivos pow, só tenho motivos pra agradecer.

    É, não se dedve chorar de barriga cheia mesmo! :)

    ResponderExcluir
  2. Uma bicicletinha cairia bem, principalmente uma ergométrica, rs..

    Mas temos que aprender que cada coisa a seu tempo. Cada dia uma conquista e não dá pra morrer por causa de uma ou duas coisas que queremos muito e não podemos ter agora.

    É como vc disse, ou uma vida muito vazia que se ocupa inteiramente dessas "preocupações", ou sei lá o quê... gente que fica procurando sarna pra coçar ou ferida pra doer.

    Num sei!

    Menos reclamação e mais ação!

    Beijokas!

    ResponderExcluir
  3. Oi Fenix!!!
    Realmente, as pessoas nunca se satisfazem com a vida que tem. Há uma diferença muito grande entre querer melhorar de vida e viver insatisfeito.
    eu posso ser feliz com tudo que conquistei até hoje, mas querer melhorar ainda mais minha qualidade de vida. o que não devo é ficar reclamando por aquilo que não tenho, deixando de aproveitar o que tenho e deixando de lutar pelo que quero.
    Beijo

    ResponderExcluir
  4. suas palavras são perfeitas, concordo em todos os sentidos! O problema é que o ser humano adora, ama reclamar e esquece de olhar pro lado! bjs e boa semana.

    ResponderExcluir

 
Designed by Lena